domingo, 7 de junho de 2009

SUCESSO E SAUDADE...

O documentário "Simonal - Ninguém sabe o duro que dei", ultrapassou a marca de 35 mil espectadores em três semanas e se manteve entre as maiores bilheterias do país. O documentário musical brasileiro está em alta.



Agora é a vez de Um homem de Moral, que conta a história de Paulo Vanzolini, autor de “Ronda” e “Volta por Cima”, e que estreou nas telonas nesta sexta-feira, dia 5. Ainda vem por aí Cantoras do Rádio, Arnaldo Batista (Loki) e Caetano Veloso (Coração Vagabundo). E até o fim do ano, Nelson Pereira dos Santos deve lançar seu perfil de Tom Jobim (1927-1994).


O que não falta é material para os cineastas. Afinal, já fomos ricos em matéria de grandes músicos e compositores. Porque, atualmente, estamos empobrecidos. Estamos órfãos e carentes de compositores e intérpretes. O que se vê e se ouve por aí, é lamentável.



Que venham mais Vinícius, Jobins, Pixinguinhas, Gonzaguinhas...E que Ivan, Chico, Djavan, Zé Alexandre, João Bosco e outros poucos e verdadeiros grandes compositores e intérpretes da nossa MPB, nos surpreendam com música de verdade: letra/melodia/harmonia. Que saudade...

2 comentários:

Regina Fernandes disse...

""Descendo a rua da ladeira
Só quem viu, que pode contar
Cheirando a flôr de laranjeira
Sá Marina levei prá dançar...

Ô saudade! Tempo bom!
Gostei muito do filme.
Bjs

NICE PINHEIRO disse...

Pois é Regina...Que falta ele faz, não é? Vc partiu, saudades me deixou, eu chorei...Lembra? Nem vem que não tem, nem vem de garfo que hj é dia de sopa..rsrs...É isso...
bjs grande